Atividades

Jogos e Passatempos Bíblicos

Sugestão de Jogos e Passatempos Bíblicos para fixação da lição, gincana biblica, etc.:

Se você somar...

1. O número de peças de prata que José deu a a Benjamim (300) (Gênesis 45.22).
2. O número de filhos da viúva de Naim (1) (Lucas 7.12).
3. O número do mais curto capítulo nos Salmos (117).
4. O número de palavras no maior verso da Bíblia mais dois (92) (Ester 8.9, Almeida, Revista da IBB).
5. A idade de Sara quando Deus disse a Abraão que ela teria um filho (90) (Gênesis 17.17).
O resultado será a idade de Noé quando veio o dilúvio (600) (Gênesis 7.6).

1. O número de anos necessários para construir a casa de Salomão (13) (1 Reis 7.1).
2. O número de filhos que Noé teve (3) (Gênesis 9.19).
3. O número de homens que o rei viu no forno ardente (4) (Daniel 3.25).
4. O número de demônios expulsos de Maria Madalena (7) (Marcos 16.9).
5. O número de presentes de trazidos a Jeus pelos homens sábios (3) (Mateus 2.11).
O resultado será a idade de Davi quando ele começou a reinar (30) (2 Samuel 5.4).

1. O número de pedras que Davi apanhou no riacho para combater contra Golias (5) (1 Samuel 17.40).
2. O número de anos durante os quais os filhos de Israel peregrinaram no deserto (40) (Josué 5.6).
3. O número de livros do Novo Testamento (27).
4. O número de versos no Salmo vinte e três (6).
5. O número de anos que Jeroboão reinou (22) (1 Reis 14.20).
O resultado será a idade de Abraão quando Isaque nasceu (100) (Gênesis 17.17).

Se você diminuir...

1. Do número de peixes que Pedro apanhou quando Jesus disse aos discipulos "vinde e jantai" (53) (João 21.11).
2. O número de letras no nome do homem que caiu do terceiro andar quando Paulo estava pregando (6) (Atos 20.9).
3. O número de capítulos no livro de Ester (10).
4. O número de capítulo da condenação dos escribas e fariseus (23) (Mateus 23).
5. O número do capítulo de Êxodo no qual está registrado o cântico de Moisés (15).
O resultado será o número de ovelhas que o pastor deixou quando foi buscar a que se havia extraviado (99) (Mateus 18.12).

1. Da idade de Josué quando faleceu (110) (Josué 24.29).
2. A idade de Azarias quando foi coroado rei (16) (2 Reis 14.21).
3. O número de anos necessários a Salomão para construir o Templo (7) (1 Reis 6.38).
4. O número de anos, de acordo com o salmista, que constituiu a média da vida do homem (70) (Salmo 90.10).
5. O número de filhas virgens que Filipe, o evangelista, tinha (4) (Atos 21.9).
O resultado será o número de vezes que os israelitas marcharam em torno de Jericó (13) (Josué 6.14-15).

Jogos Bíblicos

Onde se encontram 

Cada um dos participantes tem em mão uma Bíblia e uam folha de papel onde os seguintes assuntos (ou quaisquer outros) estão escritos:


1. Abraão oferece Isaque (Gênesis 22).
2. Conversão de Saulo (Atos 9).
3. Davi e Golias (1 Samuel 17)
4. Sansão e Dalila (Juízes 16)
5. Adão e Eva são tentados (Gênesis 3).
6. José e sua túnica (Gênesis 37).
7. Moisés na cesta de juncos (Êxodo 2).
8. Noé entra na arca (Gênesis 7).

A um sinal dado, cada participante procura encontrar na Bíblia o livro e o capítulo em que se encontra cada uma das histórias.

Escalando Montanhas

Para subir cada monte da Bíblia, é preciso desembaralhar as letra do seu nome. Vamos fazê-lo?

Ebon               (Nebo)
Mezigir            (Gerizim)
Seirlovai         (Oliveiras)
Hebreo           (Horebe)
Barot              (Tabor)
Logtago         (Gólgota)
Merhom         (Hermom)
Asini               (Sinais)

Países na Bíblia

Quais destes países são mencionados na Bíblia?

França (não)
Espanha (sim)
Portugal (não)
Itália (sim)
Egito (sim)
Alemanha (não)
Inglaterra (não)
Grécia (sim)
Polônia (não)
Índia (sim)
Pérsia (sim)
Bélgica (não)
Dinamarca (não)
Síria (sim)
Etiópia (sim)
Austrália (não)

Fonte: Jogos e Passatempos Bíblicos, JUERP, 11ª Edição

_________________________________________________________________________________

O PLANO DA SALVAÇÃO ILUSTRADO PARA CRIANÇAS
Basta você imprimir juntos esses 3 folhetos e explicar aos seus alunos o Plano de Salvação. Você pode dar um para cada aluno para eles sempre ter ao alcance essa preciosidade.





___________________________________________________________

Brincadeiras para quebrar o gelo

1- Emprestando o lápis Objetivo: Mostrar a importância da partilha e a união entre as crianças.
Participantes: Todos os presentes no encontro
Material: Lápis de cor e desenho impresso.
- Pedir para que as crianças tragam para o próximo encontro um lápis de cor.
Importante: Cada criança deve trazer apenas UM lápis. Se a professora ver que a criança trouxe a caixa com mais cores, pedir para que a criança escolha a cor que mais gosta.
- A professora deve trazer impresso em papel um desenho para as crianças colorirem. O ideal é uma folha para cada criança. Na folha deverá ter o mesmo desenho duas vezes.
Descrição: Distribui-se uma folha para cada criança, pedindo que elas pintem apenas um desenho e com a lápis que trouxe. O desenho vai ficar com uma tonalidade apenas.
Quando as crianças terminarem o primeiro desenho, pede-se que inicie o segundo, mas agora elas não irão pintar somente com as cores que elas trouxeram e sim que emprestem o lápis do outro amigo para colorir o desenho, assim cada criança irá emprestar o lápis de um amigo para colorir e no final todos terão um trabalho colorido.
Conclusão: O primeiro desenho ficou com uma cor uniforme, com isso acabou ficando feio, esquisito. Mas quando eles emprestaram o lápis do amiguinho, o desenho ficou mais bonito, colorido.Com isso deve-se mostrar a criança que elas precisam se unir e se ajudarem mutuamente, explica-se que quantas outras crianças pobres que não tem o que eles tem, por exemplo, brinquedos, comidas etc. Sendo assim, diante de nossas possibilidades, devemos dar um pouquinho daquilo que temos.
2- Procurando um coração... Material Necessário: Corações de cartolina cortados em duas partes de forma que uma delas se encaixe na outra.
Cada coração só poderá encaixar em uma única metade.
Distribuir os corações já divididos de forma aleatória. Informar que ao ouvirem uma música caminharão pela sala em busca de seu par.
Quando todos encontrarem seus pares, o educador irá parar a música e orientar para que os participantes conversem.
3- Minha metade está em você Objetivo: Promover a aproximação das pessoas do grupo e incentivar o diálogo e novas amizades. Preparação:
a) Recortar cartelas de cores variadas, tamanho aproximadamente de 10 x 5 cm, em número suficiente, de modo a não faltar para ninguém.
b) Escrever em cada cartela, uma frase significativa (pode ser parte de uma música, um título de história infantil, etc.).
c) Cortar as cartelas ao meio, de modo que a frase fique dividida.
Como Fazer:
1. A dinâmica inicia-se com a distribuição das duas metades, tendo o cuidado para que todos recebam.
2. Estabelecer um tempo para as pessoas procurarem as suas metades.
3. À proporção que cada dupla se encontrar, procurará um lugar para conversar: o ponto de partida é a frase escrita na cartela.
4. Após dez minutos, mais ou menos, o facilitador solicita que algumas duplas falem sobre a experiência (o que sentiram, como foi o encontro, etc.).

4- Uma Joia nas Costas Material necessário: Nome de cada componente do grupo escrito num cartão, alfinetes, cartões em branco, canetas.
Procedimento
Prenda nas costas de cada integrante de grupo um cartão com nome de outra pessoa. Cada um deve tentar adivinhar o nome que está em suas costas. Para tanto, procurar um a um os demais participantes e pedir que lhe apontem boas qualidades da pessoa cujo nome está nas costas (aspectos de caráter devem ser preferidos a aspectos físicos). Cada pessoa pode fornecer apenas uma informação e esta deve ser registrada no cartão. Assim que tiver terminado de colher informações e descoberto o nome que está em suas costas, a pessoa deve procurar a outra, confirmar se é a pessoa certa e então lhe entregar o cartão onde estão anotadas as informações fornecidas pelos demais.
Compartilhar: Somos joias preciosas para Deus, "pedras vivas". Com qualidades singulares e de muito valor 1 Pe. 1:7, 2: 4,5.

5- Dinâmica do abraço Participantes: Indeterminado (todos os que estiverem participando)
Frase: "Quanta coisa cabe em um abraço."
Objetivos:• criar uma certa intimidade e aproximação com os colegas;
• avaliar o sentimento de exclusão de quem está com o balão;
• sentir que precisa da colaboração do outro para não ser "atingido" pelo balão.
Observação: ABRAÇO (do dicionário): demonstração de carinho, de amizade, acolhimento, ligação, fusão, união. ABRAÇAR: apertar com os braços, entrelaçar-se, ligar-se, unindo-se. (Deixar claro a importância de um abraço a quem precisa e entre o próprio grupo =UNIÃO).
OBS: levar bexigas e CD.
Descrição: Abraçar o colega encostando o peito e contando até três para trocar de "par". Um participante fica de fora com um balão que deverá encostar no peito de alguém "disponível" que assumirá o seu lugar ficando com o balão. Para que não seja encostado o balão, o abraço deverá ser forte e bem próximo e a troca de pares deverá ser rápida.

Fonte: Ministério Gospel Infantil
___________________________________________________________
 

Escola Bíblica Dominical - Igreja de Nova Vida do Méier Copyright © 2011 Designed by Ipietoon Blogger Template and web hosting